AO SABOR DOS TRÓPICOS, EQUINÓCIO DA AMIZADE

No âmbito das atividades desenvolvidas pelo NAEL - Núcleo de Apoio ao Estudante Estrangeiro do Espaço Lusófono, o Instituto Politécnico de Viseu leva a efeito no dia 21 de março, a partir das 21.30 horas, na Aula Magna, o espetáculo Ao Sabor dos Trópicos, Equinócio da Amizade.

Com uma duração aproximada de duas horas, o evento está estruturado em quatro partes distintas: Teatro, Poesia e Prosa, Dança e Música.

A vertente do Teatro tem assinatura de um grupo de alunos de Animação Cultural da Escola Superior de Educação.

Leandro Carlos, aluno angolano da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, traz-nos a Poesia, de Luandino Vieira e Olinda Beja, e a Prosa, de Mia Couto.

A Dança vem pela mão de dois grupos. Um deles, com alunos oriundos de países do espaço lusófono, é dinamizado pela Associação de Estudantes Cabo-Verdianos de Viseu. O outro, mais heterogéneo, impulsionado pelo Conselho Pedagógico da Escola Superior de Saúde, congrega no seu seio alunos, professores e funcionários da Escola.

Para encerrar com chave de ouro, como tão bem a Música o sabe fazer, o programa conta com dois grandes grupos de intérpretes: Orfeão Académico do Instituto Politécnico de Viseu e Tunadão 1998, Tuna do Instituto Politécnico de Viseu.

Antes do início do espetáculo, a partir das 21 horas no foyer da Aula Magna, e à laia de cortesia, decorrerá uma simbólica degustação de iguarias lusófonas.

A entrada é livre, aberta à comunidade académica e a todos quantos queiram associar-se a esta festa da lusofonia. Contudo, carece de apresentação de bilhete de ingresso levantado no NAEL, edifício dos Serviços Centrais, sito ao Campus Politécnico de Repeses, a partir do dia 12 de março.

Para informações adicionais, contacte a organização do evento: 232 480 700.

Ver programa

* Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Viseu, 13 de março de 2012

Núcleo de Apoio ao Estudante Estrangeiro do Espaço Lusófono, NAEL

nael@pres.ipv.pt

anterior || imprimir