Identificação/Identification

Referência/Reference:

PROJ/CI&DETS/CGD/0012

Título/Title:

Motivações psico-sociais associadas às escolhas e práticas alimentares (EATMOT)

Área temática/Thematic área:

Ciências Agrárias, Alimentares e Veterinárias

Duração/Duration:

24 meses

Coordenador do projeto/Project Coordinator:

Raquel Guiné

 

 Membros da Equipa

Raquel Guiné (ESAV)

Investigador Responsável

Paula Correia (ESAV)

Membro da Equipa

Manuela Ferreira (ESSV)

Membro da Equipa

João Duarte (ESSV)

Membro da Equipa

Ana Paula Cardosos (ESEV)

Membro da Equipa

 

Outros Membros da Equipa

Ana Cristina Ferrão Silva

Portugal

Agostinho Quental Nunes

Portugal

João Pedro Lima

Portugal

Marcela Adriana Leal

Argentina

Vanessa Ferreira

Brasil

Ivana Rumbak

Croátia

Eliza Markidou

Chipre

Ayman EL-Meghawry EL-Kenawy

Egito

Maria Papageorgiou

Grécia

Viktória Szűcs

Hungria

Elena Vittadini

Itália

Dace Klava

Letónia

Elena Bartkiene

Lituânia

Dijana Jovanoska

Macedónia

Małgorzata Korzeniowska

Polónia

Monica Tarcea

Roménia

Maša Černelič Bizjak

Eslovénia

Kathy Keenan Isoldi

Estados Unidos da América

 

 Resumo

O papel da alimentação como um valioso aliado para manter um bom estado de saúde e prevenir ou tratar doenças tem sido amplamente estabelecido hoje em dia, através de inúmeros estudos científicos. O excesso de gorduras, particularmente gorduras saturadas e trans, açúcares ou sal tem sido associado a inúmeras doenças crónicas. Além disso, a ingestão insuficiente de frutas e legumes, como resultado das tendências modernas para o consumo de níveis elevados de alimentos de conveniência processados, resulta em carências de vitaminas, minerais, fibras alimentares, substâncias bioativas, tais como, por exemplo, antioxidantes, entre outros constituintes extremamente importantes dos alimentos. Os comportamentos humanos em relação aos alimentos estão ligados a uma série de factores, quer de natureza sociológica ou de natureza psicológica. Assim, o objetivo deste projeto é realizar um estudo sobre as diferentes motivações psíquicas e sociais que determinam os padrões alimentares das pessoas, seja em relação às suas escolhas ou hábitos alimentares.

Para levar a cabo esse propósito, fatores ligados a escolhas alimentares serão avaliados nas seguintes áreas principais: motivações de saúde; fatores económicos; aspectos emocionais; influências culturais; marketing e publicidade ou preocupações ambientais. O estudo será baseado num questionário que será preparado propositadamente para o projeto e, portanto, adequado a avaliar os aspectos considerados determinantes para alcançar os objectivos realçados.

O estudo contará com o envolvimento da Giro HC, Viseu, uma Associação sem fins lucrativos que agrega pessoas ligadas à problemática da diabetes, e que colaborará na recolha de dados, especificamente no que respeita a determinados grupos alvo, como as pessoas diabéticas ou pré-diabéticas.

O alcance do estudo será multinacional, incluindo diferentes países, a fim de reunir informação a uma escala transfronteiriça, e que será extremamente valiosa para produzir resultados científicos relevantes, bem como apontar diretivas que poderiam ser usados em cada um dos países para melhorar os hábitos alimentares no sentido de adotar dietas mais saudáveis.

Os países participantes, para além de Portugal, são: Argentina, Brasil, Croácia, Chipre, Egito, Grécia, Hungria, Itália, Letónia, Lituânia, Macedónia, Polónia, Roménia, Eslovénia e Estados Unidos da América. Os países estrangeiros não terão financiamento do IPV, mas serão financiados por fontes nacionais em cada caso. Assim, não haverá acréscimo de despesa para o IPV, mas o sucesso do projeto á assegurado por financiamento próprio em cada país.

Este estudo será desenvolvido por uma equipa alargada em relação ao projeto anterior do CI&DETS com a referência PROJ/CI&DETS/2014/0001, cujos resultados são manifestamente importantes e permitiram uma ampla divulgação, com uma produção científica muito significativa: 7 artigos publicados (2 na prestigiada revista ISI Public Health) e mais 16 ainda em processo de publicação; várias comunicações em congressos e publicações correspondentes, bem como um trabalho de licenciatura e uma tese de mestrado. Esta equipa, agora reforçada, é um garante do sucesso da investigação e da divulgação do IPV a nível mundial.

Abstract

The role of food as a valuable ally to maintain a good health status and prevent or treat diseases has been well established nowadays, through countless scientific studies. Excess of fats, particularly saturated and trans fats, sugars or salt have been associated with many chronic diseases. Also the insufficient ingestion of fruits and vegetables, as a result of modern trends towards consumption of high levels of processed convenience foods, results in deficiencies in vitamins, dietary minerals, dietary fibres, bioactive substances such as for example antioxidants, among other extremely important food constituents. The human behaviours regarding foods are linked to a number of factors either of sociological nature or of psychological nature.

Hence, the aim of this project is to undertake a study about the different psychic and social motivations that determine people’s eating patterns, either in relation to their choices or eating habits. To do this, factors linked to food choices will be evaluated in the following main areas: health motivations; economic factors; emotional aspects; cultural influences; marketing and commercials or environmental concerns. The study will be based on a questionnaire that will be prepared purposely for the project, and therefore adequate to evaluate the aspects that determine the objectives highlighted.

The study will include the involvement of the Giro HC, Viseu, a non-profit association that brings together people linked to the problem of diabetes, which will collaborate on data collection, specifically with regard to certain target groups, such as diabetic or pre diabetic people.

The range of the study will be multinational, including different countries so as to gather information on a trans-frontier scale, that will be most valuable to produce relevant scientific outputs as well as directives that could be used in each of the countries to improve eating habits towards healthier diets.

The participating countries, besides Portugal, are: Argentina, Brazil, Croatia, Cyprus, Egypt, Greece, Hungary, Italy, Latvia, Lithuania, Macedonia, Poland, Romania, Slovenia and United States of America. The foreign countries have no funding from IPV, but will be financed by domestic sources in each case. Thus, there will be no expense addition to the IPV, but the project's success will be ensured by own funding in each country.

This study will be developed by a larger team based on the previous project CI&DETS with reference PROJ/CI&DETS/2014/0001, whose results are clearly important and allowed a wide dissemination, with a very significant scientific production: 7 published articles (2 in ISI prestigious journal Public Health) and 16 more still in the publication process; several presentations at conferences and related publications, as well as a final degree work and a master's thesis. This team, now enhanced, is a guarantor of the success of the research and dissemination of IPV worldwide.