Identificação/Identification

Referência/Reference:

PROJ/CI&DETS/CGD/0009

Título/Title:

A emergência do vírus Schmallemberg em Portugal - SBMERGE

Área temática/Thematic área:

Ciências Agrárias, Alimentares e Veterinárias

Duração/Duration:

24 meses

Coordenador do projeto/Project Coordinator:

João Rodrigo Gonçalves Goiana Mesquita

 

Membros da Equipa

João Rodrigo Gonçalves Goiana Mesquita

Investigador Responsável

Helena Maria Vala Correia

Membro da Equipa

Carmén Lúcia Vasconcelos Nóbrega

Membro da Equipa

Carla Sofia Arede dos Santos

Membro da Equipa

Fernando Alexandre de Almeida Esteves

Membro da Equipa

 

Outros Membros da Equipa

Manuel da Conceição Marques

Portugal

Dina Loureiro

Portugal

Daniela Silva

Portugal

João Maria Cotta

Portugal

Tamas Petrovic

Sérvia

Rita Marisa da Silva Cruz Paiva

Portugal

 

Resumo

Em 2011, ocorreram relatos de uma súbita sindrome caraterizada por hipertermia e quebra brusca na produção de leite em vacas leiteiras adultas na Alemanha, na localidade de Schmallemberg tendo-se ficado a saber que era causada por um vírus novo, o vírus Schmallemberg (SBV). Sabe-se agora que SBV pertence à família Bunyaviridae, género Orthobunyavirus, sendo que é transmitido pelo inseto Culicoides spp. e afeta grandes e pequenos ruminantes, com especial severidade na infeção transplacentária, que origina malformações congénitas graves. O impacto do SBV em ruminantes chega a gerar perdas na produção leiteira até 50%, com custos estimados a representar perdas económicas substanciais na produção de ruminantes. Após a emergência de SBV em 2011, vários estudos documentaram a disseminação do vírus para as zonas limítrofes do continente Europeu, incluindo Espanha. No entanto nunca foram reportados casos de doença por SBV em Portugal, o que levou a esta equipa de investigação a realizar um estudo seroepidemiológico recente em ovinos de Portugal, o único estudo de SBV até hoje feito em Portugal. Encontrou-se uma seroprevalência de aproximadamente 13% o que, comparando com as altas seroprevalências nos países da Europa central (70-90%), sugere a introdução recente do agente no território e justifica a implementação urgente de sistemas de vigilância epidemiológica para monitorizar o avanço do vírus. O objetivo global deste projeto é a obtenção de conhecimento na presença de SBV na região Serra da Estrela, permitindo a deteção e alerta precoces da movimentação do agente na região centro.

Assim, será inicialmente realizado um estudo serológico da ocorrência da infecção por SBV em ovinos Serra da Estrela. Para o efeito serão obtidas amostras de soro de leite e amostras de soro de sangue de ovinos Serra da Estrela em época fria (até Abril, correspondente à menor atividade do inseto vetor); e amostras de soro de leite e soro de sangue dos mesmos animais em época quente do mesmo ano (entre julho e agosto, correspondente à maior atividade do vetor). As amostras de soro de leite e sangue serão testadas para imunoglobulinas G anti-Schmallenberg por teste ELISA comercial e será calculada a seroprevalência e incidência de anticorpos anti-SBV na matriz soro de leite e sangue.

Será igualmente realizado o estudo da deteção e caraterização genética de estirpes de SBV encontradas em pequenos ruminantes e vetores de forma a gerar dados sobre potenciais estirpes emergentes ou adaptadas, com potencial tropismo ou virulência alterados. Para o efeito serão colhidos quer troncos cerebrais de abortos de ovinos na região Serra da Estrela, quer insetos vetores, e serão testados para a deteção do RNA de SBV por ensaios de qRT-PCR, seguidos de caracterização por RT-PCR e sequenciação. Este projeto pretende assim desenvolver propostas de sistemas de vigilância epidemiológica para partilha com decisores na saúde animal em Portugal e apoio ao setor agrário da região.

 

 Abstract

In 2011 reports have occurred showing a syndrome in milk cows characterized by hyperthermia and sudden loss in milk production in the city of Schmallemberg, Germany, that was later known to be caused by a new virus, virus Schmallemberg (SBV). This virus belongs to family Bunyaviridae, genus Orthobunyavirus, being transmitted by the insect Culicoides spp. and affecting small and large ruminants, causing serious illness with congenital malformations when transplacentary infection occurs. SBV in ruminants can produce up to 50% milk drop, with costs representing substantial economic losses. After the emergence in 2011, several studies reported SBV dissemination to the boundaries of the European continent, including Spain. However in Portugal no reports of SBV circulation have occurred, which has motivated this team to perform a seroepidemiologic study in sheep of Portugal, the only SBV study performed in Portugal so far. A 13% seroprevalence was found which, when compared to the high seroprevalences found in central Europe (70-90%), suggests that the agent was recently introduced in the territory and justifies the urgent need for implementation of surveillance systems to monitor the virus circulation.

The main goal of this project is to obtain knowledge on the presence of SBV in the region of Serra da Estrela allowing for the detection and early warning of viral circulation in this region

Hence, a serologic study will initially be performed so as to evaluate the occurrence of SBV infection in sheep Serra da Estrela. For this, sheep milk and blood samples will be collected in the cold season (until April, less insect vector activity). Sheep milk and blood samples from the same animals will also be collected in the hot season (between July and August, high insect vector activity). Samples will be tested for IgG anti-Schmallenberg by a commercial ELISA and the seroprevalence and incidence of anti-SBV will be known.

Additionally, the detection and characterization of circulating SBV strains will be performed so as to search for potentially new emerging or adapted strains, with altered tropism and virulence. For this, brain stems of aborted sheep and pools of insect vectors will be screened for SBV RNA by qRT-PCR, followed by conventional RT-PCR and sequencing. This project will develop a proposal for a surveillance system to be shared with animal health stakeholders in Portugal and to support the agrarian sector of the region.