Instituto Politécnico de Viseu

< início < Projecto e-U . WiFi

 
Untitled Document

menu principal

cobertura

requisitos

configuração

faqs

Untitled Document

UMIC

POSI/C

Portal do Governo

FCCN

Projecto e-U

UE FEDER

 

Requisitos

As Redes Sem Fios baseadas nas normas IEEE 802.11 são inerentemente inseguras, visto disponibilizarem um canal de comunicação não protegido, partilhado pelos múltiplos utilizadores.

Assim, para garantir a segurança dos dados que circulam nestas redes, torna-se necessário recorrer a mecanismos adicionais de autenticação e cifragem.

Em Portugal, a UMIC recomenda assim a utilização da norma IEEE 802.1x para este fim, em todas as Redes Wi-Fi do programa e-U. Tal significa que os equipamentos portáteis dos utilizadores terão de suportar estes requisitos adicionais. Desta forma, é possível assegurar a privacidade da informação e permitir o roaming transparente dos utilizadores entre Instituições aderentes ao programa.

O IPV disponibiliza aos seus utilizadores o métodos de acesso com autenticação 802.1x. Assim, sempre que os requisitos de hardware e software o permitam, o utilizador deve configurar o seu equipamento com autenticação 802.1x, já que assim pode aceder à Internet, de forma transparente, noutras Instituições aderentes ao programa e-U.

 

Software

Acesso com autenticação IEEE 802.1x:

  • Sistema Operativo Windows XP com Service Pack 1 ou superior
  • Sistema Operativo Mac OS X 10.3 ou superior
  • Sistema Operativo Linux
  • Sistema Operativo Pocket PC 2002 e 2003 ou superior
Hardware

Para aceder à Rede Wi-Fi do IPV é necessário, como requisito mínimo, um equipamento informático (computador pessoal, portátil, PDA,...) equipado com Placa de Rede Sem Fios com as seguintes características mínimas:

Dado que nem todas as placas existentes actualmente são inteiramente compatíveis com autenticação IEEE 802.1x, o CCOM manterá uma lista actualizada das placas testadas com sucesso na rede do IPV, para o auxiliar no acto da compra.

Como a Rede Wi-Fi do IPV é inteiramente baseada na nova norma IEEE 802.11g, o CCOM aconselha, no caso de aquisição de novas placas de rede sem fios, à escolha de uma que suporte esta norma, dado que permitem débitos superiores às placas que apenas suportam a norma IEEE 802.11b.