Regresso à cidade

 

a noite confunde-meas imagens

as linhas do rostotão perto aindamesmo a línguaà solta no canto das vogais

e no recanto dos músculos

mesmo as mãos

vorazes e céleres

destemidos animais

mesmo os olhos

tão feitos de luz vespertina

 

persistem os gestos

nítidos sulcos no júbilo

da pele

 

António Manuel Ferreira

 

 

Percurso pela poesia e pela pintura de nomes que em Viseu nasceram ou viveram uma parte das suas vidas, O Regresso à Condição junta em livro e em exposição alguns dos mais proeminentes criadores do distrito e região de Viseu.

Geografia do pensamento, de emoções e de linguagens que o disseminam, O Regresso à Condição é, simultaneamente, produção e reprodução de uma identidade cultural fortemente eivada de experiências e influências polifacetadas de universalismo.

apresentação

menu autores

imprimir

Galeri@ ispV

 

 

António Manuel Ferreira (Mundão - Viseu, 1961).

Frequentou o Liceu de Viseu e a Universidade Católica de Viseu. Professor de Literatura na Universidade de Aveiro: "O silêncio é uma porta fechada / que quero abrir com o sorriso / do primeiro náufrago" (barca d' alva).