menu anterior

 

Estudantes Internacionais:

São considerados Estudantes Internacionais os que não tenham nacionalidade portuguesa, excetuando:

a) Os nacionais de um Estado membro da União Europeia;

b) Os que, não sendo nacionais de um Estado membro da União Europeia, residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 31 de agosto do ano em que pretendam ingressar no ensino superior, bem como os filhos que com eles residam, sendo que o tempo de residência para estudo não releva para este efeito;

c) Os estudantes estrangeiros que se encontrem a frequentar uma instituição de ensino superior portuguesa no âmbito de um programa de mobilidade internacional.

Para mais informações consulta o Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março - Estatuto do Estudante Internacional.

Os Estudantes Internacionais podem candidatar-se à frequência de licenciaturas e de mestrados no Instituto Politécnico de Viseu (IPV). Se queres estudar no IPV descobre abaixo o que é necessário.

Candidaturas aos Cursos de Mestrado

Acesse o documento pdf com a informação relativa às candidaturas e links onde poderá fazer a sua candidatura online.

Valor Anual dos Cursos (Propina)

Cursos Mestrados: 1.600€

Os pagamentos podem ser parcelados em até 8 vezes.

Candidaturas aos Cursos de Licenciatura

Os Estudantes Internacionais podem candidatar-se à frequência das licenciaturas do IPV através de um Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais.

Regulamento do Estatuto do Estudante Internacional do Instituto Politécnico de Viseu

Regulamento n.º 285/2014. D.R. n.º 126, Série II de 2014-07-03

Despacho 46/2017

Edital

Despacho nº 13/2018 - Concursos Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais 2018-2019 - alteração

Os estudantes oriundos dos PALOP considerados como Estudantes Internacionais, podem candidatar-se à frequência das licenciaturas do IPV através de um Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais.

Condições de acesso:

a) Titulares de uma qualificação que dê acesso ao ensino superior nos PALOP (entendida como qualquer diploma ou certificado emitido por uma autoridade competente, que ateste a aprovação num programa de ensino e lhes confira o direito de se candidatar e poder ingressar no ensino superior nos PALOP); ou

b) Titulares de um diploma do ensino secundário português ou de habilitação legalmente equivalente.

Condições de ingresso

As condições de ingresso incluem obrigatoriamente:

a) A verificação da qualificação académica específica para ingresso na Licenciatura;

b) A verificação do conhecimento da língua ou línguas em que o ensino é ministrado (por exemplo, documento comprovativo de que frequentou o ensino médio em Português ou diploma ou certificado comprovativo do nível de conhecimento da língua Portuguesa).

 

Candidaturas

A candidatura é feita pelos interessados, nos prazos definidos no edital, através de um dos seguintes meios:

- Candidatura online (consulte o manual de candidaturas online)

- preenchimento de impresso próprio e entregue presencialmente nos Serviços Académicos.

As candidaturas são apresentadas nos Serviços Académicos das Escolas. Os candidatos devem fazer acompanhar o formulário de candidatura com os seguintes documentos ( consultar o artigo 10.º do Regulamento):

• Cópia de documento de identificação civil válido, emitido pelas autoridades do país de origem.

• Diploma do ensino secundário português ou de habilitação legalmente equivalente, quando aplicável.

• Diploma ou certificado, que ateste a aprovação num programa de ensino e lhes confira o direito de se candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido, emitido por uma autoridade competente (quando, do certificado, não resulte que a qualificação obtida lhes confere o direito de ingressar no ensino superior no país onde foi conferido, deve o mesmo ser acompanhado de documento que o comprove).

• Quando os estudantes internacionais não consigam apresentar, no momento da candidatura, o documento referido na alínea anterior podem auto-declarar que reúnem as condições previstas na referida alínea, procedendo à sua comprovação até 5 dias úteis anteriores ao prazo para afixação das listas finais de colocação

• Cópia dos documentos comprovativos das classificações obtidas:

1.Nas provas de ingresso portuguesas, para os titulares de ensino secundário português ou equivalente e para os estudantes internacionais auto-propostos;

2.No exame nacional de acesso ao ensino superior, para os candidatos titulares de um diploma de ensino médio ou outros diplomas que confiram idêntica habilitação,

3.Quando seja manifestamente impossível aos estudantes internacionais apresentar cópia dos documentos anteriores no momento da candidatura, podem auto-declarar as classificações obtidas, comprometendo-se a apresentar os respetivos documentos comprovativos, 5 dias úteis anteriores ao prazo para afixação das listas finais de colocação.

Para mais informações sobre os processo de candidatura em cada uma das Escolas consultar os seguintes sítios:

Escola Superior Agrária de Viseu: http://www.esav.ipv.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=45

Escola Superior de Educação de Viseu: http://portal.ipv.pt/cssnetesev/page

Escola Superior de Saúde de Viseu: http://www.essv.ipv.pt/portal_candidato/essv_PORTAL_CANDIDATO.htm

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego: http://www.estgl.ipv.pt/estudante_internacional_2017.html

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu: http://www.estgv.ipv.pt/estgv/?v=10029

Para informações ou dúvidas sobre o processo de candidatura utilizar o seguinte endereço de email: re@sc.pres.ipv.pt

Calendário de Candidaturas 2018/2019

 1ª Fase

Prazo

Candidaturas

18 de dezembro de 2017 a 02 de fevereiro de 2018

Lista provisória de candidatos admitidos

09 de fevereiro de 2018

Lista definitiva de candidatos admitidos

14 de fevereiro de 2018

Lista de colocação

14 de fevereiro de 2018

Prazo de reclamação

15 de fevereiro de 2018

Lista final de colocação dos candidatos                          

16 de fevereiro de 2018 

Matrícula

19 de fevereiro a 2 de março de 2018      

 2ª fase

Prazo

Candidaturas                                        

02 de março a 13 de abril de 2018

Lista provisória de candidatos admitidos

20 de abril de 2018

Lista definitiva de candidatos admitidos

24 de abril de 2018

Lista de colocação

24 de abril de 2018

Prazo de reclamação

26 de abril de 2018

Lista final de colocação dos candidatos

27 de abril de 2018

Matrícula

30 de abril a 11 de maio de 2018

 3ª Fase

Prazo

Candidaturas                                              

16 de julho a 31 de agosto de 2018

Lista provisória de candidatos admitidos

05 de setembro de 2018

Lista definitiva de candidatos admitidos

10 de setembro de 2018

Lista de colocação

10 de setembro de 2018

Prazo de reclamação

11 de setembro de 2018

Lista final de colocação dos candidatos          

12 de setembro de 2018

Matrícula                                                        

13 a 28 de setembro de 2018               

Candidaturas após a 3ª fase, podem ser aceites a título excecional, por motivos especialmente atendíveis e desde que existam condições para a integração académica dos requerentes.