nota introdutória

Foi há 16 anos que, na Escola Superior de Educação de Viseu, se iniciou a formação inicial de educadores de infância e de professores do ensino básico (segundo a definição da época), vigente em Portugal. Todavia, a Instituição completou 18 anos de existência activa, em 16 de Novembro passado.

A crescente complexidade do acto educativo e as rápidas e profundas mudanças que as circunstâncias exigem impelem-nos abruptamente para a frente, sem a salutar reflexão sobre o passado, o alicerce sobre o qual todo "o novo" se edifica. E é pena que assim seja, porque, num processo em que é importante reunir o máximo de dados, para tomar decisões acertadas, é irracional a atitude de ignorar dados e resultados, importantes e contextualizados, e de pouco ou nada aproveitar da experiência acumulada.

Este número especial da Revista do Instituto Superior Politécnico de Viseu, a Millenium, foi preparado para dar a conhecer os segmentos mais significativos da história do período inicial da Escola Superior de Educação – a instituição mãe do ensino superior público em Viseu – e prestar uma homenagem, que se pretende rica de significado, ao trabalho e dedicação dos seus pioneiros.

O conteúdo que se segue foi distribuído por três secções. Na primeira, intitulada "As origens da origem", transmite-se uma ideia, necessariamente incompleta, do desenvolvimento da Instituição entre 1980 e 26 de Março de 1983. As personagens invocadas são marcos determinantes deste pedaço de história que culminou na efeméride que agora se comemora.

A segunda secção, tal como a sua designação indica, é dedicada ao grande momento que foi a sessão solene da inauguração das actividades académicas da Escola Superior de Educação de Viseu e do respectivo ano académico.

A terceira secção, "Memórias", é constituída por um conjunto de testemunhos ou depoimentos retrospectivos de pessoas que, de alguma forma, fizeram esta Escola. As suas contribuições para este número especial da Millenium enriquecem substancialmente o espólio aqui reunido, na medida em que traduzem múltiplas maneiras de ver e sentir o passado.

A todos os que corresponderam ao nosso convite, para se associarem a esta homenagem à Escola Superior de Educação de Viseu, apresentamos os nossos agradecimentos.

Professora Doutora Avelina Rainho

SUMÁRIO