QUASE FILHOS...

COISAS SIMPLES

 

MARIA ELISA PINHEIRO*

 

Quando o José Manuel, a meio de um trabalho complicado, chamou baixinho: "Mamã", a turma explodiu em gargalhadas, mas eu sorri por dentro. Percebi que estava no bom caminho.

Quando, em plena reunião, o Pai do Sandro disse que seu filho preferia a escola a um pic-nic, percebi que continuava no bom caminho.

Quando a mãe da Joana contou que a pequena, sentindo-se doente, pedia qualquer coisa que a aliviasse para não faltar às aulas, percebi que estava certa.

Enquanto não conseguirmos tornar as escolas alegres e atractivas, os conteúdos significativos para a Vida, os trabalhos produzidos, úteis, não debelaremos o insucesso nem despertaremos em ninguém o gosto pelo estudo.

 

 

99 Janeiro

Viseu

____________________

* Professora reformada do 1 Ciclo do Ensino Básico

SUMÁRIO