INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU (ISPV)

MOBILIDADE DE ESTUDANTES SÓCRATES/ERASMUS E LEONARDO DA VINCI

1999/2000

 

SÓNIA SILVA *

 

O Instituto Superior Politécnico de Viseu deu, recentemente, início às actividades de mobilidade de estudantes para o ano lectivo em curso. De um total de 20 estudantes portugueses que participarão nos fluxos (das três Escolas Integradas do ISPV), 15 encontram-se já nas instituições de acolhimento, a saber, a Universidade de Reading (Reino Unido), O Instituto de Formação de Professores da Academia de Poitiers (França), o "Stord College of Education" (Noruega), a Universidade Ramón Llull de Barcelona (Espanha), a Universidade Autónoma de Barcelona (Espanha) e o Instituto Politécnico de Kalamata (Grécia) e Indústrias localizadas em França e na Finlândia. A este conjunto de instituições serão, posteriormente, acrescentadas outras, nomeadamente os Institutos Universitários de Tecnologia de Rennes e Créteil (França) e a Escola Universitária de Zamora da Universidade de Salamanca (Espanha).

Estes estudantes realizarão períodos de estudo de 3 a 9 meses nas instituições anfitriãs, ao abrigo do programa Sócrates/Erasmus, sendo que 4 deles, do curso de Engenharia das Madeiras, se encontram a realizar estágios, em indústrias do sector, em França e na Finlândia, com o apoio do programa comunitário Leonardo da Vinci.

Até ao momento, o Instituto Superior Politécnico recebeu três estudantes, duas provenientes da Universidade de Salamanca (Espanha), a frequentar o curso de Engenharia Civil, e uma outra da Universidade de Horticultura e Indústria Alimentar de Budapeste (Hungria), agora integrada na Escola Superior Agrária de Viseu. Em Janeiro próximo, frequentarão a Escola Superior de Educação três estudantes do "Stord College of Education" (Noruega), no curso de professores do 1º ciclo, estando prevista a vinda de outros estudantes para o segundo semestre, em número a confirmar.

De notar que o número de estudantes que participam nestes fluxos tem aumentado consideravelmente desde 1993, altura em que se implementaram as primeiras actividades desta natureza. É intenção do ISPV continuar a apostar no reforço e diversificação da mobilidade, por se tratar de um domínio crucial dos seus esforços de internacionalização, contando, para isso, com o apoio de todos os docentes envolvidos e com o interesse dos estudantes desta instituição.

__________

* Técnica Superior de "Relações Internacionais" do ISPV

SUMÁRIO