J. M. CASCIARO, Jesus de Nazaré,

Viseu, Ed. ISPV, 1999, 598 pp.

 

Esta obra acaba de ser editada pelo Departamento Cultural do Instituto Superior Politécnico de Viseu. É a tradução do original espanhol Jesús de Nazaret publicado por Alga Editores, Múrcia. O autor é um conhecido biblista, que tem numerosas publicações na área da sua especialidade e que, tendo iniciado a sua carreira docente como Professor de Filologia Semítica na Universidade Complutense de Madrid, veio a ser Professor Ordinário de Sagrada Escritura (Novo Testamento) na Faculdade de Teologia da Universidade de Navarra, uma Faculdade de que foi Director durante vários anos; actualmente dirige a publicação em curso da "Bíblia de Navarra".

O título da obra, Jesus de Nazaré, aponta para a objectividade e o rigor científico da exegese contemporânea, com que o autor pretende focar a figura de Jesus. No entanto, ele sai fora dos esquemas tradicionais do conhecido género de Vidas de Jesus, optando por apresentar uma série de temas centrais da vida, ensinamentos e obra de Jesus Cristo. Os temas seleccionados são: Nascimento e Infância de Jesus (pp. 27-61), Baptismo e Tentações de Jesus (pp. 175-194), O Discurso da Montanha (pp. 225-272), As Parábolas de Jesus (pp. 273-300), Os Milagres de Jesus (pp. 315-352), Jesus e os Pecadores (pp. 353-373), Jesus e os Discípulos (pp. 375-409), Jesus e a Oração, Jesus e o Pai Celeste (pp. 411-430), A Eucaristia e a última Ceia (pp. 483-515), Paixão e Morte de Jesus (pp. 517-546),A Ressurreição de Jesus (pp. 547-585).

Estes temas seleccionados, numa sequência lógica, são apresentados com maior ou menor desenvolvimento, mas sempre a partir dos textos dos próprios Evangelhos e outros textos bíblicos, que aparecem realçados em itálico, o que torna mais leve o aspecto e mais fácil a leitura. Por vezes, o autor espraia-se em desenvolvimentos que tornam a obra um pouco mais difícil de ler a pessoas menos familiarizadas com as ciências bíblicas, por isso, é ele mesmo quem sugere passar adiante. De qualquer modo, essas matérias são abordadas de um modo agradável e sugestivo, acessível e prático, o que penso se deva considerar um verdadeiro logro pedagógico do Professor.

Na edição portuguesa, de acordo com o autor, para que mais facilmente se possa seguir o fio condutor da vida e obra de Jesus, que preside a este trabalho e lhe confere unidade, há uma série destes desenvolvimentos que vão assinalados como Excursos: A Terra Santa (pp. 63-93, uma colaboração do Prof. Francisco Varo), As Fontes da Vida de Jesus, Os Evangelhos (lª e 2ª parte, pp. 95-173), O Ensino de Jesus, Os Discursos de Jesus nos Evangelhos (pp. 195-223), Estudos Científicos sobre as Parábolas na Actualidade (pp. 301-314), A Cristologia Implícita nos Sinópticos (lª e 2ª parte, pp. 431-482).

Como escrevi na apresentação desta obra, "o autor aborda a figura de Jesus, não duma maneira fria e descomprometida, mas com aquele terno afecto e espírito contemplativo de quem ama apaixonadamente o Amor de toda a sua vida. De facto, a figura de Jesus, a sua pessoa, os seus gestos e as suas palavras - nunca é encarada como um simples tema e objecto de curiosidade ou interesse científico para o estudo do investigador. É por isso que ele não se limita a utilizar os recursos da critica histórico-literária, da linguística moderna e da reflexão teológica, e a expor e enquadrar, no ambiente israelita e cultural de há dois mil anos, os dados sobre a vida e a obra de Jesus.

O autor eleva-se com as duas asas, a da ciência e a da fé, contribuindo assim validamente para que também o leitor se eleve e se enleve na contemplação da pessoa adorável de Jesus Cristo; este espírito contemplativo é favorecido com o frequente apelo para os comentários dos Padres da Igreja, do Magistério (em especial do Catecismo da Igreja Católica) e dos Santos que mais marcaram a sua vida" (nomeadamente do Beato Josemaria Escrivá, um Santo com quem conviveu de perto).

A tradução é de Geraldo Morujão com a colaboração de um grupo de alunos seus da Escola Superior de Educação e do Instituto Superior de Teologia de Viseu. Aparece valorizada com o acrescento de três índices finais: um de autores citados, outro de palavras gregas e outro de palavras hebraicas, aramaicas e árabes. Também, ao longo da obra, as notas de rodapé foram valorizadas com a citação da correspondente versão portuguesa da bibliografia original.

A obra tem uma boa apresentação gráfica e sem erratas, impressa e encadernada no Economato e Património do ISPV, com uma bela capa de Paulo Medeiros, executada pela Gráfica Montemuro, Ldª. A distribuição exclusiva desta obra é feita pela DIEL. Está de parabéns o ISPV pela publicação duma obra que assinala de modo digno a comemoração dos 2.000 anos do nascimento de Jesus.

Geraldo MORUJÃO

SUMÁRIO