Sara Cunha Lopes *

 

A tolerância e a aceitação podem operar maravilhas!

Uma Escola em Timor

Não sei...

Quando vou...?

Porque vou...?

Onde vou...?

Só sei

Que vou

Ter

Uma Escola.

 

Tinha eu quatro anos quando soube o que era uma escola. Disseram-me que era um sítio onde se aprendia. Mas eu não sabia o que era aprender. Depois disseram: aprender é saber fazer amigos, mas não só. Também é saber escrever, ler, contar, e muito mais...

Nessa altura só achei divertido fazer amigos, mas com o passar do tempo percebi que "aprender" seria algo diferente e muito giro – aprender a aprender.

Apesar de ainda faltar um ano e ter passado por uma guerra muito má, eu estava entusiasmadíssima.

Um ano passou, a escola estava quase a começar e eu já tinha tudo preparado.

No primeiro dia de aulas cheguei à escola e todos olharam para mim pois era a mais nova e estava atrasada. Mas não me importou. No recreio, uma menina pequena, parecendo da minha idade, veio ter comigo e disse: - "Não tenhas medo! Cheguei há pouco tempo e também me castigaram com os olhos. Como sou nova e não tenho companheiros gostava de ser tua amiga". Eu aceitei com muito gosto e ela tornou-se a minha melhor companheira.

A campainha tocou e regressámos ao nosso trabalho.

Agora

Eu já sei

Quando vou,

Porque vou,

Onde vou.

Sei

que tenho

UMA ESCOLA

 

* Aluna do 3º Ciclo da EB Grão Vasco, 11 anos

sumário