Rui Torres de Almeida*

 

Quem não vota por nós

Quem não vota por nós não é bom cristão

Nós somos doutores, somos formados.

E rezamos "padre-nossos" ao serão

Fazendo orçamentos de eleição,

Píra darmos um tostão aos reformados.

 

Na C.E.E. nós somos um portento,

Defendemos as entradas no salão

Aos grandes oráculos de São Bento,

Altos valores de merecimento

Que elevam a moral duma nação.

 

 

Quem não vota por nós é contra tudo,

É contra os heróis contra os cruzados.

É contra os vestidos de veludo

E contra os sábios de canudo

Que estão do poder enamorados.

 

Zé povinho caminha, tristemente,

Rosto amargurado, olhos no chão.

Mas... levanta os braços, de repente,

E diz à multidão, serenamente:

Senhores, eu sou "pagão"! Eu sou "pagão"!

 

 

* Um homem da Beira

sumário