Rui Torres de Almeida *

 

AOS SANTOS DA TERRA

São Pedro é dos primeiros

oragos da freguesia,

Às portas tem candeeiros

Que dão luz aos atoleiros,

Pão nosso de cada dia!

 

As pedras saltam na rua

Quando passa um camião,

Não são miragens na lua,

É a imagem bem crua

Daquilo que as ruas são.

 

E o São João do Casal

Não é dos Santos mais ricos!

Construam-lhe um canal

Que leva um grande caudal

P'ra regar os manjericos.

Sant'António diz ao Zé:

Nós somos mais pobrezinhos

E a massa da C.E.E.

Na Várzea não pôs o pé,

Vai pô-lo noutros caminhos?

 

Senhora do Livramento

Nos livre dos maus olhados

E vá pedir a São Bento

Uns milhões no orçamento

Píra sopa dos reformados.

 

 

(Abril de 1990)

___________________________

* Um homem da Beira

sumário