ÁREA CIENTÍFICA DE PSICOLOGIA

 

LÚCIA ALMEIDA RAMOS1

ESPERANÇA DOS ROSÁRIO J. RIBEIRO 2

EMILIA MARTINS 3

MARIA JOÃO AMANTE 4

 

A PSICOLOGIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

A Psicologia, enquanto ciência, tem como um dos seus principais objectivos analisar e compreender o ser humano, de forma a contribuir para o seu desenvolvimento e realização pessoal.

Na formação de professores, a Psicologia integra duas vertentes fundamentais: uma, que diz respeito ao desenvolvimento do professor como pessoa e outra, que se refere a uma intervenção explícita na sua dimensão profissional e social, isto é, no desenvolvimento de competências específicas que lhe permitam potenciar o desenvolvimento/aprendizagem dos seus alunos para o exercício de uma cidadania responsável e plena numa sociedade em contínua mudança.

É naqueles dois domínios que incide explicitamente a intervenção da Área de Psicologia na ESEV.

No primeiro, reflectindo sobre a problemática que envolve o desenvolvimento do ser humano e, tendo em conta as diversas perspectivas, incentiva-se o aluno em formação à interrogação de si próprio como sujeito cognitivo-afectivo-social, promotor da sua construção.

No segundo, insistindo por um lado, na observação da criança em desenvolvimento/aprendizagem e em interacção com as "pessoas significativas" e com "os objectos de aprendizagem" em diversos contextos de vida e, por outro, numa reflexão constante sobre essa observação, perspectiva-se a fundamentação da acção pedagógica do futuro professor e incentiva-se o sujeito a uma construção sempre renovada do seu próprio modelo de intervenção pedagógica.Prepara-se o futuro professor para o desenvolvimento do processo educativo.

Um conhecimento reflectido de si e dos outros em contexto afectivo-social conduz à utilização, selecção e construção de estratégias pessoais que permitem a qualificação intencional do processo de ensino/aprendizagem como espaço de vida, tornando-o, assim, mais humano, mais motivante e mais eficaz e, consequentemente, mais propício ao desenvolvimento pessoal de todos os intervenientes.

As disciplinas que esta área do saber implementa nos diversos cursos da ESEV (ver Quadro I) tentam realizar aqueles objectivos.

 

Quadro I

 

 

 

Disciplinas

 

Psicologia do Desenvolvi-mento

e da Aprendiza-gem

 

Psicologia do Desenvolvimento

 

Psicologia da Aprendiza-gem

 

Problemas de Integração e Aprendiza-

gem

 

Metodolo-

gia da Observação da

criança

 

Psicologia Social

 

Sociologia da Educação.

 

Opção 1)

 

 

 

Cursos

Viseu:

. Port./Fr.

. Port./Ingl.

. Mat./C.N.

. Ed. Física

. E.V.T.

Lamego:

. Port./Ingl.

. Ed.Física

Viseu:

. Prof. do 1º Ciclo Ens. Básico

Lamego:

.Educadores de Infância

Viseu:

. Prof. do 1º Ciclo Ens. Básico

Viseu:

. E.V.T.

.Mat./CN

. Port./Fr.

. Ed. Física

.Port./Ingl.

Lamego:

. Port./Ingl.

Lamego:

.Educadores de Infância

Viseu:

. Comunica-

ção Social

. CESE em Gestâo e Administra-

ção escolar

Lamego:

. Port./Ing.

Viseu:

. Prof. do 1º ciclo E.B.

. E.V.T.

. Ed. Física

A prática pedagógica dos alunos em formação inicial é espaço de vida, laboratório natural e vivo da promoção/activação do desenvolvimento psicológico do ser humano, pelo que não pode deixar de ter a intervenção directa da área de Psicologia.

 

A INVESTIGAÇÃO DESENVOLVIDA PELOS DOCENTES DA ÁREA

1. No âmbito de provas de Mestrado:

- "Problemas de identificação em crianças que estão com dificuldades na aprendizagem da leitura".

- " Estilos Cognitivos- Dependência / Independência de campo e uso de reforços na comunicação do Educador de Infância".

- " Acesso ao Ensino Superior: Validade preditiva e índices utilizados".

- " A Formação Pedagógica dos docentes do Ensino Superior - um estudo comparativo entre Universidades e Politécnicos".

2. Conducente a provas de Doutoramento nas especialidades:

- "Activação do desenvolvimento psicológico".

- "Psicologia da Educação".

 

Bibliografia

 

ALMEIDA, L. e PINHO, L. V.(1990), "Dimensões do desenvolvimento humano" in José Tavares e Antº Moreira (Ed.), Desenvolvimento, aprendizagem, curriculo e supervisão,Aveiro, PIDACS -1, p.13-16.

BONBOIR, A.(1995), "Education et dévelopment.Bref aperçu du cadre théorique de l’activation du dévelopment", in José Tavares (Coord.),Activação do desenvolvimento psicológico nos sistemas de formação, Aveiro CIDInE, p.21-40.

MENEZES, I. e CAMPOS, Bártolo P. (1996), "Educação, desenvolvimento psicológico e promoção da cidadania", Comunicação apresentada no I colóquio A ciência Psicológica nos sistemas de formação, nos dias 28, 29 e 30 de Março, na Universidade de Aveiro.

MORAIS, Mª da Fátima (1996), "Inovação pelo desenvolvimento:do educando ao novo educador", Comunicação apresentada no I colóquio A ciência Psicológica nos sistemas de formação, nos dias 28, 29 e 30 de Março,na Universidade de Aveiro.

SOARES, Isabel M.C. (1995), "Supervisão e Inovação numa perspectiva construtivista do desenvolvimento", in Isabel Alarcão (Ed.),Supervisão de professores e inovação educacional, Aveiro, CIDInE, p.135-147.

¾ ¾ ¾ ¾ ¾ ¾ ¾ ¾

1 Prof. Coordenadora da ESEV.

2 Prof. Adjunta da ESEV.

3 Prof. Adjunta da ESEV em funções no Pólo Educacional de Lamego.

4 Prof. Adjunta da ESEV.

Notas:

1) Opção prevista para o ano lectivo de 1997/98

 

SUMÁRIO