Editorial

Este número especial da Millenium insere-se nas comemorações do 16 aniversário da entrada em funcionamento da Escola Superior de Educação de Viseu, o último do milénio.

Trata-se de uma iniciativa da Área Científica de Matemática, cujo corpo docente, todo ele profundamente enraizado na Instituição e no seu passado, entendeu ser interessante dar a conhecer esse momento histórico que foi a abertura da primeira escola superior de educação do país. É um acto de sentimento e de razão.

É um acto de sentimento porque a Escola Superior de Educação pertence à vida destes docentes, desde a sua juventude. As suas recordações deambulam entre os sonhos do estudante apaixonado pela vida e pelas pessoas, o entusiasmo por uma profissão que desabrocha, um desenvolvimento profissional conseguido e a responsabilidade institucional como membros de uma comunidade de ensino superior tudo isto vivido no mesmo espaço institucional e no mesmo espaço histórico. Neste sentido, esta homenagem é de grande respeito e profunda saudade pelo passado da ESEV e também de grande esperança no seu futuro.

É um acto de razão porque se baseia no pressuposto de que fazer algo para levar à comunidade escolar o passado da Instituição será um meio de a estimular a olhar em frente, para os próximos 16 anos, inseridos num novo milénio. Todos beneficiaremos do acto de reflectir sobre este património que é a história da nossa Escola, apesar das dificuldades que possamos sentir em discernirmos quando e como nos influenciou de uma ou outra forma. Assim, pretende-se que este número especial da Millenium seja, por um lado, um documento histórico sobre as origens da formação de professores, vigente em Portugal; por outro, que seja uma homenagem, merecida, ao sucesso do nascimento da Escola Superior de Educação de Viseu, que seja um valioso contributo para a dignificação da sua imagem e que sublinhe optimismo para o seu futuro.

 

Parabéns ESEV.

Prof. Doutora Avelina Rainho

 

SUMÁRIO