PROGRAMA COMUNITÁRIO SOCRATES

 

ISPV

Contrato Institucional 1998/99

 

O Instituto Superior Politécnico de Viseu apresentou à Comissão Europeia, em Novembro último, uma candidatura ao seu segundo Contrato Institucional SOCRATES, que prevê, para 1998/99, a implementação de várias actividades de cooperação interuniversitária transnacional, tais como a mobilidade de estudantes e docentes, um projecto de desenvolvimento curricular e um programa intensivo.

A ser aprovada esta candidatura, o ISPV enviará, no referido ano lectivo, 16 alunos das suas três escolas integradas para instituições estrangeiras para a realização de períodos de estudo de duração variável (nunca inferior a 3 meses). Nas mesmas circunstâncias, receberá 15 estudantes de instituições parceiras. Nesta actividade em particular, que procura promover o intercâmbio científico, pedagógico e cultural através da mobilidade estudantil, foram criados laços de cooperação com Espanha, França, Reino Unido, Noruega e Grécia.

Para além disto, serão, também, enviados, em missões de ensino de curta duração (1 a 8 semanas), 9 professores do ISPV, não estando, ainda, previsto o número de docentes a receber das instituições estrangeiras (de França, Grécia, Reino Unido e Noruega).

Para além dos fluxos mencionados, foram submetidos a apreciação comunitária um projecto de desenvolvimento curricular (um "Master" Europeu na área das línguas aplicadas a fins específicos), cuja coordenação estará a cargo da Universidade de Manchester (Reino Unido), assim como um programa intensivo no âmbito da Engenharia Electrotécnica, que contará com a participação de instituições de ensino superior situadas na Alemanha, Irlanda e França (Universidade Paris XII, a instituição coordenadora).

Prevê-se a saída dos resultados da referida candidatura para os finais do presente ano lectivo e, em caso de aprovação, o referido plano de actividades contará com o apoio financeiro da União Europeia.

 

SUMÁRIO