INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU

Regulamento do Concurso

"Árvore de Natal Ecológica"

 

 

  1. Apresentação
  2. O Instituto Politécnico de Viseu (IPV) pretende que a época natalícia 2009 seja assinalada em todos os edifícios da Instituição – Serviços Centrais, Escola Superior de Educação, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, Escola Superior Agrária, Escola Superior de Saúde, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego –, com um dos mais relevantes elementos decorativos e símbolo da quadra, a Árvore de Natal.

    É uma forma de ajudar a interiorizar e a viver o espírito da época não só no seio da sua comunidade académica, mas ainda de a celebrar com a restante população e visitantes que nesse tempo de celebração afluem às cidades de Viseu e Lamego.

    Proteger a vida e o planeta fez-nos pensar em lançar o presente Concurso para uma "Árvore de Natal Ecológica". Uma forma de celebrar o Natal e a vida, numa simbiose da tradição com os imperativos do mundo actual.

     

  3. Objectivos
  4. A protecção do meio ambiente e a sensibilização para a aplicação da denominada política dos "três R´s" – Reduzir, Reutilizar, Reciclar –, mantendo e incrementando o espírito e tradição natalícios, justificam o lançamento do Concurso "Árvore de Natal Ecológica" que o IPV promove, fomentando comportamentos que ajudem a preservar a vida na Terra e a sua qualidade. Ao mesmo tempo, contribui para o reviver da tradição e para o embelezamento citadino.

    O Concurso tem também como objectivo fomentar a participação da comunidade académica do IPV numa acção que promove a criatividade e o sentido artístico, facultando um contributo alargado de todos os que desejem participar na iniciativa da Instituição.

     

  5. Destinatários

Podem concorrer todos os elementos que integram a comunidade académica do IPV, nomeadamente: alunos, docentes e pessoal não-docente dos Serviços Centrais e Unidades Orgânicas deste Instituto.

  

  1. Natureza dos Projectos e critérios de apresentação
  2. Os Projectos/Maquetas a apresentar para uma "Árvore de Natal Ecológica", que visam a reprodução de seis peças decorativas deste tipo, devem respeitar os pressupostos definidos nos objectivos.

    Assim, serão tidos em conta os seguintes aspectos e requisitos:

    • Criatividade com respeito pelo tema "Árvore de Natal";

    • Tipo de materiais a utilizar;

    • Possibilitar a construção de uma peça que seja exequível num prazo de 30 dias;

    • A peça deverá caber num paralelepípedo de 6X3 metros;

    • O Projecto será valorizado se acompanhado de maqueta, que não deverá ultrapassar 1,5 metros de altura com base proporcional à da peça a executar.

     

  3. Condições de admissão e procedimentos de envio

São admitidos a concurso os projectos inéditos e que respeitem as exigências e prazos descritos no presente Regulamento.

A intenção de participação deve ser comunicada, até ao dia 29 de Outubro de 2009, para o seguinte e-mail: earaujo@pres.ipv.pt.

Os Projectos/Maquetas devem ser enviados ou entregues por mão no seguinte endereço:

Instituto Politécnico de Viseu

Gabinete de Comunicação e Relações Públicas

Concurso "Árvore de Natal Ecológica"

Avenida Coronel José Maria Vale de Andrade

Campus Politécnico de Viseu

3504-510 Viseu

Os concorrentes devem assinar os seus trabalhos com pseudónimo, o qual deverá ser aposto num envelope fechado – a entregar juntamente com o Projecto/Maqueta – e que no seu interior contenha, por escrito, os seguintes elementos:

  1. Nome completo do autor do Projecto/Maqueta;
  2. Unidade Orgânica do IPV a que pertence;
  3. Morada;
  4. Contacto telefónico;
  5. Pseudónimo.
  6.  

  7. Selecção dos Projectos
  8. Ao júri são facultados os Projectos/Maquetas numerados e identificados apenas pelo pseudónimo.

    Os membros do júri seleccionam o melhor trabalho, de acordo com os requisitos mencionados no presente Regulamento.

    O trabalho que ficar em 1º lugar será seleccionado para a construção da "Árvore de Natal Ecológica" do IPV.

    Em caso de empate caberá ao Presidente do Júri decidir qual o Projecto/Maqueta que melhor satisfaz as exigências impostas.

    Das decisões do júri não haverá recurso.

     

  9. Constituição do júri
  10. O júri do concurso é composto por 5 elementos:

    - Presidente do Instituto Politécnico de Viseu, ou um representante por si designado, que será também o presidente do júri do concurso;

    - Vice-Presidente do Instituto Politécnico de Viseu;

    - Responsável pela área da divulgação e imagem do Instituto Politécnico de Viseu;

    - Coordenador do Departamento de Ambiente da Escola Superior de Tecnologia do IPV;

    - Coordenador da Área Científica de Arte e Expressão Criativas da Escola Superior de Educação do IPV.

     

  11. Prémio
  12. Vencedor:

    Ao Projecto/Maqueta seleccionado será atribuído o prémio único pecuniário de 250€.

    Este prémio poderá não ser concedido se o júri entender que a qualidade artística e técnica dos trabalhos não o justifica.

    Menções Honrosas:

    O júri poderá ainda atribuir menções honrosas, até ao máximo de três, dependendo da qualidade dos Projectos/Maquetas.

     

  13. Prazos

  1. O Concurso e seu Regulamento serão divulgados a 23 de Outubro.
  2. Esta divulgação será feita no site do IPV e através do seu "Canal de Notícias";

  3. A recepção de trabalhos decorre até 12 de Novembro;
  4. A Avaliação dos trabalhos pelo júri será efectuada no dia 13 de Novembro;
  5. Comunicação dos resultados, por e-mail, no dia 16 de Novembro e publicitação no site do IPV;
  6. A Entrega do Prémio e das Menções Honrosas ocorrerá durante a Ceia de Natal 2009 do IPV.

 

10. Disposições Gerais

Os concorrentes ficam obrigados, a partir da entrega/envio dos Projectos/Maquetas, a aceitar o presente Regulamento.

 

11. Direitos de utilização

A entidade promotora do concurso – Instituto Politécnico de Viseu – reserva-se o direito de utilizar as maquetas, que para tal tenham qualidade, numa exposição aberta ao público, nos Serviços Centrais do IPV. Sobre essa mesma qualidade decidirá o júri do concurso.

No final da exposição, estas serão devolvidas aos seus autores. As maquetas que, eventualmente, não apresentem qualidade para tal serão entregues após as divulgações do trabalho vencedor e daqueles que irão integrar a exposição. As excluídas devem ser levantadas até final do ano de 2009.

 

  1. Contactos
  2. Os contactos referentes ao Concurso "Árvore de Natal Ecológica" do IPV devem ser efectuados por correio electrónico ou telefonicamente para:

    Gabinete de Comunicação e Relações Públicas do IPV

    earaujo@pres.ipv.pt

    Tel.: 232 480 700

     

  3. Casos Omissos

Os casos omissos no presente Regulamento e passíveis de suscitar quaisquer dúvidas serão supridos e decididos pelo júri do concurso.

 

 

anterior || imprimir