Apresentação

Mensagem do Presidente

PRESIDÊNCIA

João Vinhas

VICE-PRESIDENTE
Professor Adjunto da ESTGV (Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu), é docente desta Escola desde 1988.
É doutorado em Ciências da Educação, pela Universidade de Évora; obteve o grau de Mestre em Física Aplicada pela Universidade de Aveiro e é licenciado em Física pela Universidade de Coimbra.
Foi Presidente da ESTGV, desde 2019 até à data atual, tendo também ali exercido o cargo de Vice-Presidente, entre 2011-2019. Foi também membro da Assembleia de Representantes, desde 2019 e do Conselho Técnico-Científico, desde 2012.

Helena Vala

VICE-PRESIDENTE
Professora Coordenadora da ESAV (Escola Superior Agrária de Viseu) é doutorada em Ciências Veterinárias pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e licenciada em Medicina Veterinária, pela mesma universidade, onde também realizou Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica, em 1996, e obteve a agregação em 2019, em Ciências Veterinárias, Ramo Sanidade.
Na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viseu, desempenhou cargos de gestão, tendo iniciado as suas funções organizacionais como Diretora de Departamento, de 2000 a 2009; foi Vice-Presidente do Conselho Diretivo, de 2003 a 2006; Presidente do Conselho Científico, de 2009 a 2013 e Presidente da Assembleia de Representantes, de 2012 a 2018.

João Paulo Balula

VICE-PRESIDENTE
Professor Coordenador da ESEV (Escola Superior de Educação de Viseu), é docente daquela Escola desde 1991.
É doutorado em Didática pela Universidade de Aveiro; Mestre em Literaturas Clássicas pela Universidade de Coimbra e licenciado em Humanidades, incluindo o Ramo de Formação Educacional, pela Universidade Católica Portuguesa.
Foi Vice-Presidente da ESEV, de 2009 a 2016, e Presidente a partir de 2016.

História, visão e missão

O Instituto Politécnico de Viseu é uma instituição de ensino superior de direito público ao serviço da sociedade, que tem como objetivos a qualificação de alto nível, a produção e difusão do conhecimento, bem como a formação cultural, artística, tecnológica e científica dos seus estudantes, num quadro de referência internacional.
Valoriza a atividade de docentes, investigadores e não docentes, estimula a formação intelectual e profissional dos seus estudantes e assegura condições para que todos os cidadãos devidamente habilitados possam ter acesso ao ensino superior e à aprendizagem ao longo da vida.
Promove a mobilidade efetiva de estudantes e diplomados, a nível nacional e internacional. Tem o direito e o dever de participar em atividades de ligação à sociedade, designadamente de difusão e transferência de conhecimento, assim como de valorização económica do conhecimento científico. Tem ainda o dever de contribuir para a compreensão pública das humanidades, das artes, da ciência e da tecnologia, promovendo e organizando ações de apoio à difusão da cultura humanística, artística, científica e tecnológica, e disponibilizando os recursos necessários a esses fins.

O Instituto Politécnico de Viseu, adiante designado por IPV é, de acordo com a Lei n.º 62/2007 de 10 de Setembro e os seus Estatutos, uma instituição de ensino superior de direito público, dotada de autonomia estatutária, pedagógica, científica, cultural, administrativa financeira e patrimonial. A missão, atribuições, natureza jurídica e princípios orientadores do IPV encontram‐se consagradas nos artigos 1.º a 4.º dos seus Estatutos, que foram homologados pelo Despacho normativo n.º12‐A/2009 de 23 de Março do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e publicados no DR, 2.ª série, Nº 61 de 27 de Março de 2009.

40 Anos do Instituto
Politécnico de Viseu

Na sua existência, o Instituto Politécnico funcionou em vários espaços e edifícios das cidades de Viseu e Lamego. O crescimento das escolas, assim como a necessidade de obras de expansão e de reformulação, ditaram ocupações provisórias, mudanças e reinstalações ao longo dos 40 anos. Os registos fotográficos realizados nos vários espaços revelam a dinâmica vivida tanto pelo PV como pelas cidades de Viseu e Lamego, nesse período.
A partir da recolha de fotografias e informações sobre os locais do Politécnico de Viseu, os estudantes de Tecnologia e Design de Multimédia da ESTGV criaram uma timeline interativa. A aplicação permite percorrer 40 anos em outros tantos cartões postais da memória da instituição. A relação entre Politécnico e os territórios das cidades torna-se mais evidente através desta exposição da diversidade de espaços usados e transformados.
Um ano depois do início das comemorações do 40.º aniversário do Politécnico de Viseu, revela-se a timeline criada por Victória Miyuki Alves e Carolina Lourenço.
O processo foi coordenado por Valter Alves e Maria Figueiredo, tendo envolvido os docentes Marco Bernardo e Nuno Carapito que orientaram a turma do 2.º ano de Tecnologias e Design de Multimédia de 2019/20: Alexandre Moreira Coelho, João Daniel Ramos do Nascimento, Guilherme Madaíl Ribeiro, Sara Matos Lima, Ana Carolina Graça Pereira, Ticiana Carneiro Lopes Capris, Miguel ngelo Patricio Magalhães, Ana Margarida Nunes Marques, Victória Miyuki Revoredo Alves, Carolina Natércia Cavaleiro Castanheira Lourenço, Pedro Henrique Silva Martins, Nuno Miguel da Costa Campos, Carlos Daniel Páscoa Figueiredo, Rafael Alexandre Pais da Cruz, Inês Alexandra Pinheiro Mateus, Miguel Tomás de Almeida, Cláudio Jorge Encarnação Ferreira, Inês Matos de Almeida, Gabriel José Rodriguez Ferreira, Claudio Miguel Gil Baptista, Cláudia Barros Nunes, João Paulo Figueiredo Pereira, Marta Alexandra Carriça Reis, Pedro Miguel Pereira Melo, Hugo Miguel Miranda Nogueira, Pedro Daniel Viana Morgado Nunes Lourenço, Hugo Fernandes Rodrigues, João Diogo Gonçalves Matias, Luzia Fonseca Saraiva, Alexandra Vilares Araújo, Sara Raquel Ferreira da Rocha, Pedro Miguel Amorim Morais Teixeira Paiva, Audrius Dunauskas, Julius Balkauskas e Zygimantas Jogela.

Plano Estratégico