Estrutura

Sobre

A estrutura do Instituto Politécnico de Viseu e a sua organização têm consagração estatutária geral nos seus artigos 9.º a 11.º, sublinhando‐se que compete ao Instituto a gestão do pessoal, a gestão administrativa e financeira, o planeamento global e o apoio técnico, a coordenação das atividades das diferentes unidades orgânicas integradas e demais serviços, numa perspetiva de racionalização e otimização de recursos.

O Instituto Politécnico de Viseu dispõe e integra serviços de suporte à atividade académica e de apoio técnico ou administrativo permanente. Dispõe ainda, de Serviços de Ação Social, dotados de autonomia administrativa e financeira, que têm como atribuição assegurar as funções da ação social escolar. O Instituto Politécnico de Viseu integra as seguintes unidades orgânicas de ensino e investigação: Escola Superior de Educação; Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu; Escola Superior Agrária; Escola Superior de Saúde e Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego.

Órgãos do IPV

São órgãos do Instituto Politécnico de Viseu o Conselho Geral, o Presidente e o Conselho de Gestão, bem como o Conselho Académico e o Conselho para a Avaliação e Qualidade. Encontra‐se, igualmente, prevista estatutariamente a figura do Provedor do Estudante.

Direção 2021 - 2025
Presidência
José dos Santos Costa
Presidente do IPV
josesantoscostasc.ipv.pt
João Manuel Vinhas Ramos Marques
Vice-Presidente do IPV
joao.vinhassc.ipv.pt
Helena Maria Vala Correia
Vice-Presidente do IPV
h.valasc.ipv.pt
João Paulo Balula
Vice-Presidente do IPV
jprbalulasc.ipv.pt

Administrador

Carla Coimbra Administradora do IPV e do SAS
ccoimbrasc.ipv.pt

Pró-Presidentes

Cristina Wanzeller
Informática – Sistemas de Informação
Carlos Albuquerque
Saúde, Desporto, Bem-estar e Sustentabilidade
Cristina Barroco
Ligação à Comunidade e Transferência de Conhecimento
Filipe Caldeira
Informática – Infraestruturas
Joaquim Antunes
Comunicação Estratégica
Paula Correia
Investigação e Inovação
Paulo Mendes
Infraestruturas e Manutenção do Edificado

 

Anteriores

    • João Luís Monney de Sá Paiva
    • Fernando Sebastião
    • João Pedro Antas Barros
    • Alberto Vara Branco

Outros Órgãos

Conselho Académico
Função

O Conselho Académico, de acordo com o n.º 1, do artigo 41.º dos Estatutos do IPV, é um órgão com funções de natureza consultiva nos termos do disposto no n.º 2 do artigo 78.º da Lei n.º 62/2007 de 10 de setembro.

Composição

Constituem o Conselho Académico:

a) O Presidente do Instituto;
b) Os Presidentes das escolas;
c) Os Presidentes da Assembleia de Representantes das escolas;
d) Os Presidentes dos Conselhos Técnico-Científicos;
e) Os Presidentes dos Conselhos Pedagógicos;
f) O Presidente do Instituto de Desenvolvimento e Investigação;
g) Os Presidentes das Associações de Estudantes das escolas;
h) O Presidente da Associação de Estudantes do Instituto;
i) O Administrador do IPV;
j) O Administrador dos SAS.

O Conselho Académico pode convidar a participar nas suas reuniões, sem direito a voto,
individualidades cuja presença seja considerada vantajosa para análise dos assuntos em apreciação.

Conselho p/Avaliação e Qualidade
Função

O Conselho para a Avaliação e Qualidade é o órgão do Politécnico de Viseu responsável pelo estabelecimento dos mecanismos de auto-avaliação regular do desempenho do Instituto, das suas unidades orgânicas, bem como das actividades científicas e pedagógicas sujeitas ao sistema nacional de avaliação e acreditação, nos termos da lei, devendo garantir o cumprimento das obrigações legais e a colaboração com as instâncias competentes.
O Conselho para a Avaliação e Qualidade é responsável pela manutenção e melhoria do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), assim como pela determinação da extensão do seu âmbito de certificação, sempre que esta se justifique, sendo apoiado, para o efeito, por um gestor da qualidade.

Composição

Integram o Conselho para a Avaliação e Qualidade:

a) O Presidente do IPV, que preside, podendo delegar no vice-presidente responsável pela área da avaliação;
b) Os Presidentes das unidades orgânicas, que podem delegar num vice-presidente;
c) Os Presidentes das comissões para avaliação e qualidade de cada uma das unidades orgânicas;
d) O Gestor da Qualidade;
e) Um representante da Associação de Estudantes do Instituto a designar por esta.

O Conselho pode convidar a participar nas suas reuniões, sem direito a voto, individualidades cuja presença seja considerada vantajosa para análise dos assuntos em apreciação.

Comissão de Acompanhamento (RADPDIPV)

Constituição

Anabela Fernandes Guedes,
Jorge Belarmino Oliveira,
Maria da Graça F. Aparício Costa,
Paulo Moisés Almeida da Costa,
Véronique Delplancq (Presidente)

Competências

Artigo 12.º – A Comissão de Acompanhamento
3 — Compete à Comissão de Acompanhamento:

a) Proceder à monitorização dos processos de avaliação de desempenho e, no final de cada
ciclo de avaliação, elaborar relatório consolidado onde constem os resultados gerais, principais constrangimentos e, quando considerado necessário, proposta de alteração/revisão deste Regulamento e respetivo Guião.
b) Dar parecer sobre as reclamações do ato de homologação quando solicitado;
c) Propor ao Presidente do IPV alterações ao presente Regulamento e respetivo Guião.

Regulamento

Avaliação do desempenho do Pessoal Docente

Monitorização

Brevemente disponível

Outras atividades

Brevemente disponível

Serviços Centrais

Integram os Serviços Centrais do Instituto Politécnico de Viseu o Departamento de Planeamento e Gestão Administrativa e Financeira, o Departamento Jurídico, o Departamento Técnico, o Departamento de Comunicação, Cultura e Relações Externas, o Gabinete de Estudos e de Transferência de Conhecimento e Tecnologia e o Gabinete de Avaliação e Qualidade.

Pin It on Pinterest