Estudante Internacional

Informação Prática

Antes da partida para Portugal:
Obtenção do Visto

  • Os cidadãos sem nacionalidade de um país da União Europeia, que queiram estudar em Portugal, precisam de obter um visto junto do Consulado/ Embaixada portuguesa mais próxima da sua área de residência.
  • Após matrícula o IPV envia aos estudantes uma Carta de Aceitação. Esta carta deve ser anexada aos restantes documentos exigidos pelos serviços consulares, aquando do pedido de visto. O pedido de visto deve ser feito pelo requerente, com a maior antecedência possível em relação à data de início da estadia em Portugal.
  • Informe-se sobre os tipos de visto mais adequados ao seu caso, documentação exigida e o procedimento para a sua obtenção junto do Consulado de Portugal mais próximo da sua área de residência (pesquise localizações e contactos no mapa interativo do Portal das Comunidades Portuguesas | consultar | .
  • O pedido de visto, os custos associados, e a recolha dos documentos exigidos pelos serviços consulares são da exclusiva responsabilidade dos requerentes.
  • A avaliação e validação dos pedidos e a respetiva emissão dos vistos é da exclusiva responsabilidade dos serviços consulares.
  • Após a obtenção do visto os candidatos deverão enviar ao IPV o comprovativo da sua obtenção.

Para mais informação sobre o tipo de vistos existentes e documentação a apresentar,
| consultar | no Portal do SEF: Solicitar residência em Portugal (estudar em Portugal).

Antes da partida para Portugal:
Seguro de Saúde para Estudantes Brasileiros
  • O Acordo de Segurança Social/Seguridade Social entre Brasil e Portugal proporciona, entre outros benefícios, proteção na área da saúde aos cidadãos brasileiros em Portugal e cidadãos portugueses no Brasil.
  • Para usufruir desse acordo, que inclui direito à assistência médico-hospitalar (de emergência ou regular) e mesmo à aquisição de medicamentos, os estudantes brasileiros devem ser portadores do Certificado de Direito à Assistência Médica – CDAM (anteriormente designado de PB-4). O formulário CDAM tem que ser solicitado no Brasil junto das secretarias de saúde ou delegacias de saúde da cidade onde os estudantes residem.
  • Será ainda necessário o Boletim de Vacinas atualizado bem como o Certificado de Habilitações, que tem que ser autenticado pela Embaixada Portuguesa no país de origem, de forma a ser possível ver as suas qualificações reconhecidas em Portugal.

À chegada a Portugal: Procedimentos legais

Quando chegar a Portugal, deverá ter em conta os seguintes procedimentos legais:
  • Os estudantes não europeus que entrarem em Portugal através de uma fronteira não controlada têm obrigatoriamente que ir junto das autoridades declarar a sua entrada no país no prazo de 3 dias.
  • Se chegar a Portugal por via aérea deve declarar a sua entrada no aeroporto junto dos Serviços de Alfândega.
  • A Declaração de Entrada terá que ser entregue no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras nos termos estipulados pela lei. O não cumprimento destas determinações poderão fazer incorrer em multa.

     

    À chegada ao IPV:

    À chegada a Viseu o estudante deverá:
    • Dirigir-se ao Centro Local de Apoio à Integração de Migrante (CLAIM) do IPV e efetuar presencialmente o seu registo
    • Completar a sua matrícula nos serviços académicos da escola do IPV onde é ministrado o curso em ficou colocado. No caso do curso em que se matriculou exigir a satisfação de pré-requisitos deverá solicitar no Serviço de Relações Internacionais do IPV auxílio para efetuar a respetiva marcação.
    • Dirigir-se a uma escola secundária e solicitar o certificado de equivalência ao ensino secundário português.

    ler mais

    • Obter o Número de Identificação Fiscal (NIF).

    Este número (semelhante ao CPF no Brasil) é necessário para abrir conta bancária e contratar serviços como internet, telefone, etc.

    Se já tiver autorização de residência poderá dirigir-se a:

    Loja do Cidadão de Viseu – Autoridade Tributária e Aduaneira
    Avenida Rei D. Duarte, lote 8-10 | 3500-419 Viseu

    707 241 107

    HORÁRIO:

    Dias úteis: das 08:30h às 19:30h;
    Sábados: das 09:30h às 15:00h.

    Se não tiver deverá dirigir-se ao Serviço de Relações Internacionais do IPV e ser-lhe-á prestado todo o apoio necessário.

    Abrir conta bancária

    O cartão de estudante dos alunos do Instituto Politécnico de Viseu é emitido pela Caixa Geral de Depósitos. O cartão de estudante pode acumular a funcionalidade de cartão bancário.

    Existem, no entanto, outros bancos em toda a cidade, onde poderá abrir uma conta bancária.

    Dirigir-se à sede da Junta de Freguesia onde reside e solicitar o Atestado de Residência (terá que ser solicitado depois de 1 mês de residência).

    Renovar o seu visto de estudo junto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

    Contactos SEF VISEU:

    Delegação Regional de Viseu
    Avenida Alberto Sampaio, nº 92 – 1º e 96 | 3510-027 Viseu

    232 467 740 | Fax: 232 467 749

    del.viseusef.pt

    Posto de Atendimento da Delegação Regional de Viseu:

    Avenida Alberto Sampaio, nº17 | 3514-512 Viseu

    232 446 100

    pda.viseusef.pt

    Horário de Atendimento ao Público: 09h00-12h30 e 14h00-16h30

    Serviços Públicos de Saúde
    Linha Saúde24

    A Linha Saúde 24, iniciativa do Ministério da Saúde, disponibiliza aconselhamento e encaminhamento em situação de doença e medicação. Profissionais de Saúde especialmente formados e qualificados dão os melhores conselhos, todos os dias, 24 horas por dia, sobre a forma de lidar com a sua situação de saúde em particular, ajudando-o a resolver o problema você mesmo ou encaminhando-o para o serviço de saúde mais adequado. Para contactar este serviço, ligue 808 24 24 24.

    Logo que esteja matriculado no Instituto Politécnico de Viseu estará coberto pelo seguro escolar.

    Pin It on Pinterest