O PROJETO


Considerando o desenvolvimento e a maturidade do Sistema de Ensino Superior Politécnico (ESP) português; a sua cobertura geográfica e a diversidade de áreas e domínios científicos com capacidade instalada; a experiência e dinâmica adquiridas como resultado da participação conjunta em redes internacionais, no geral, e no projeto Portugal Polytechnics (SIAC Internacionalização), em particular; o significativo incremento da dimensão internacional do ESP português; e as sinergias existentes com empresas/tecido empresarial e instituições regionais, que concretizam, na sua essência, a vocação do sistema politécnico, torna-se crucial implementar medidas que possam, por um lado, promover o desenvolvimento desta política, e, por outro, aprofundar os mecanismos que potenciem não só a internacionalização das IES, mas também 2 a internacionalização da economia portuguesa, e a cooperação para o desenvolvimento.

Assim sendo, propõe-se que as medidas a implementar possam ser estruturadas em objetivos distintos, mas complementares, não só visando contribuir para o reforço da internacionalização da economia regional e nacional, mas também para a manutenção demográfica e para a afirmação internacional do ESP e do sistema científico e tecnológico português, assegurando simultaneamente asustentabilidade futura das ações preconizadas.