Mobilidade

Sobre

Com o intuito de contribuir para o seu enriquecimento académico, cultural e pessoal, o Politécnico de Viseu proporciona aos seus estudantes, docentes e não docentes a oportunidade de se candidatarem à realização de uma experiência internacional de estudo ou profissional.

A nível nacional existe um programa de mobilidade específico para estudantes de escolas de ensino superior politécnico público, sediadas em território nacional: o Programa Vasco da Gama, mais informação aqui.

 

Instituições Parceiras

O Politécnico de Viseu desenvolve, no seio de parcerias internacionais, projetos de cooperação que, de forma mais ou menos direta, promovem a participação dos estudantes em diversas atividades internacionais: o envio e o acolhimento de professores em missão de ensino, a organização de cursos de curta duração, a investigação conjunta, os programas de desenvolvimento curricular, de entre outros.

Pode conhecer a lista de Instituições parceiras no portal MOBILIDADEnet | IPV

Candidaturas

Estudantes

Com o intuito de contribuir para o seu enriquecimento académico, cultural e pessoal, o Politécnico de Viseu proporciona a todos os seus estudantes a oportunidade de se candidatarem à realização de uma experiência internacional de mobilidade, para a realização de:

  • períodos de estudo, de três a 12 meses, em instituições de ensino superior europeias, com as quais existam protocolos de cooperação;
  • estágio, de dois a 12 meses, numa instituição de ensino superior europeia ou numa empresa/organização do espaço europeu;
  • período combinado de estudos e estágio, de três a 12 meses, a realizar durante o mesmo ano letivo.

Estas experiências são financeiramente apoiadas (atribuição de bolsas de viagem e subsistência) no âmbito do Programa Erasmus+.

Guia do Candidato
Lista de instituições parceiras
Critérios de seriação
Declaração do Candidato
Candidatura

Docentes

MISSÃO DE ENSINO

Missões de Ensino em instituições de ensino superior europeias com as quais existam protocolos de cooperação, com a duração mínima de 2 dias e 8 horas de ensino. Têm como objetivo permitir aos estudantes que não podem participar num esquema de mobilidade beneficiar do conhecimento e competência de docentes provenientes de instituições de ensino superior de outros países europeus. Promovem, ainda, o intercâmbio de saberes e experiências ao nível de métodos pedagógicos e encorajam os docentes do ensino superior a alargar e enriquecer a dimensão e conteúdos dos cursos oferecidos.

FORMAÇÃO

Formação em instituições de ensino superior europeias com as quais existam protocolos de cooperação, com a duração mínima de 2 dias de trabalho. Contempla, ainda, a participação em seminários, conferências, workshops e cursos, incluindo a formação linguística, desde que não represente a maioria dos dias de formação. Tem como objetivo proporcionar aos beneficiários uma aprendizagem baseada no intercâmbio de conhecimentos, a partir das experiências e boas práticas da instituição/empresa de acolhimento, assim como a aquisição de competências práticas relevantes para o desenvolvimento profissional.

BOLSAS

Estas experiências são financeiramente apoiadas (atribuição de bolsas de viagem e subsistência) no âmbito do Programa Erasmus+.

Abaixo pode ser consultado o guia do candidato, bem como a lista de instituições parceiras (com as áreas em que a mobilidade se pode efetuar) para cada uma das escolas.

Guia do Candidato
Lista de instituições parceiras
Critérios de seriação dos candidatos
Candidatura

Não Docentes

Períodos de Formação profissional de carácter prático, em instituições de ensino superior europeias com as quais existam protocolos de cooperação. Têm a duração de uma semana, sendo que o período mínimo são dois dias de trabalho. É também elegível a participação em seminários, conferências, workshops e cursos, incluindo a formação linguística, desde que não represente a maioria dos dias de formação. Têm como objetivo proporcionar aos beneficiários uma aprendizagem baseada no intercâmbio de conhecimento, a partir das experiências e boas práticas da instituição, assim como a aquisição de competências práticas relevantes para a atual ocupação e para o desenvolvimento profissional.

Estas experiências são financeiramente apoiadas (atribuição de bolsas de viagem e subsistência) no âmbito do Programa Erasmus+.

Guia do Candidato
Lista de instituições parceiras
Critérios de seriação
Candidatura

Coordenadores Académicos

Em cada escola do Politécnico de Viseu, existe um coordenador académico para a cooperação internacional, que funciona como ligação entre o Serviço de Relações Externas, responsável a nível central pela gestão administrativa global dos projetos desenvolvidos, e os membros da comunidade.

Agrária | Carla Santos | Tel. +351 232 446 600 | E.mail: casarede@esav.ipv.pt

Educação | Véronique Delplancq | Tel. +351 232 419 000 | E.mail: vero@esev.ipv.pt

Saúde | Graça Aparício | Tel. +351 232 419 100 | E.mail: gaparicio5@hotmail.com

Tecnologia e Gestão de Lamego | Isabel Oliveira | Tel. +351 254 615 477 | E.mail: estgl.gamci@estgl.ipv.pt

Tecnologia e Gestão de Viseu | Isabel Duarte | Tel. +351 232 480 500 | E.mail: estgl.gamci@estgl.ipv.pt

Tecnologia e Gestão de Viseu | Isabel Duarte | Tel. +351 232 480 500 | E.mail: isabelduarte@estv.ipv.pt

Apoios

As experiências de mobilidade são financeiramente apoiadas, com atribuição de bolsas de viagem e subsistência, no âmbito dos diversos programas comunitários implementados pelo Politécnico de Viseu, sobretudo Erasmus+ (mobilidade curricular e estágios). Ao longo de todo o processo, os participantes dispõem do apoio organizativo dos Serviços de Relações Externas (em termos administrativos e financeiros) e dos diversos coordenadores académicos existentes nas Escolas Integradas do Politécnico de Viseu (em termos científicos e pedagógicos).

Serviços de Relações Externas

Os Serviços de Relações Externas são serviços de coordenação central e de apoio à estratégia de internacionalização do Politécnico de Viseu.

A sua função consiste essencialmente na gestão administrativa da cooperação internacional, em estreita colaboração com as unidades orgânicas do PV, estas últimas responsáveis pelas dimensões científica e pedagógica dos projetos desenvolvidos.

A atividade dos Serviços de Relações Externas inclui a gestão e disseminação de informação relevante, a implementação de estratégias de estímulo das unidades orgânicas e a coordenação administrativa de projetos nos domínios da educação e formação, de modo a contribuir para a construção de um perfil institucional aberto ao espaço internacional, devidamente adaptado ao contexto da globalização. Entre outras, as atividades coordenadas administrativamente por estes serviços incluem a mobilidade de estudantes, docentes e não docentes, o desenvolvimento curricular conjunto, programas intensivos, cursos conjuntos e conferências internacionais.

Documentação Oficial

Contactos

Serviços de Relações Externas
Av. José Maria Vale de Andrade
Campus Politécnico
3504-510 Viseu – Portugal

E.mail: internationaloffice@sc.ipv.pt
Telefone: 232 480 739 / 773
Fax: 232 480 750